5 dicas para aproveitar melhor a lua de mel.

Quando casamos, tudo que queremos na lua de mel é descansar, relembrar os detalhes do casamento (passa tudo tão rápido que vocês vão ficar dias pensando na cerimônia, festa, convidados, decoração, etc..) e curtir aquele momento com o amado sem sobressaltos durante a viagem. Por isso hoje eu venho trazer 5 dicas para tornar ainda mais inesquecível a viagem dos casais em lua-de-mel e evitar qualquer chateação durante os dias de descanso!

1) Sempre diga que está em lua de mel.

Essa é a regra mais importante. Pode parecer chato, mas a maioria dos hotéis, pousadas, restaurantes, parques temáticos e demais estabelecimentos sempre possuem um mimo para recém-casados. Quando fui a Cancun em lua-de-mel, por exemplo, informei no check-in que era recém-casada e não só fizeram uma arrumação toda especial no quarto, com cesta de frutas e espumante, como também ganhamos um jantar no hotel.

Tenho amigas que já conseguiram upgrade na hospedagem e espumante de cortesia em restaurante! Até em países onde é necessário passar pela imigração uma informação dessas muitas vezes acaba descontraindo aquele momento burocrático de verificação de passaportes, tornando a entrada no pais mais agradável!

2) Sempre cheque toda a documentação antes de viajar.

Essa dica vale muito para quem viajar ao exterior. Conheço diversas historias de quem não checou se estava com passaporte, visto valido, etc, e acabou perdendo um vôo.

Ao chegar ao seu destino, guarde sempre sua documentação no cofre do hotel ou na mala TRANCADA e ande com copia de seus documentos somente. Evita uma dor de cabeça em caso de furto ou perda de documentos.

3) Diversifique a forma de pagamento.

Em tempos de cambio volátil e IOF (imposto sobre operações financeiras), vale sempre levar na viagem papel moeda, cartão de débito internacional e o cartão de crédito.

Papel moeda é importante para gastos imediatos (exemplo: um café no aeroporto, uma corrida de taxi no primeiro dia de viagem) e vai ser aceito SEMPRE em qualquer lugar.

Cartão de débito internacional tem sido utilizado com muita frequência, pois funciona igual a um cartão pré-pago (você passa o cartão no estabelecimento para efetuar o pagamento), sendo que você já pagou previamente para inserir crédito nesse cartão e pagou IOF de somente 0,38%. O único contra desse cartão é que eu conheço vários casos em que não funcionou na hora de ser utilizado em um estabelecimento e a pessoa teve que ir a um caixa eletrônico para fazer saques e poder utilizar o dinheiro.

Por conta disso, é fundamental ter sempre um cartão de crédito, pois caso o dinheiro acabe e o cartão de débito internacional não funcione, o de crédito salva! Ao usar o cartão de crédito, você paga 6,38% de IOF sobre as compras realizadas, mas se usado de forma controlada, o cartão de crédito acaba sendo um excelente aliado.

4) Pesquise antes de viajar.

Conhecer outra cultura, um lugar diferente, um idioma novo, tudo isso torna viajar uma experiência inesquecível. Mas é importante saber um mínimo de palavras/expressões locais (bom, dia, boa noite, por favor, obrigada, quanto custa, como chego, etc), identificar previamente se existe algum aspecto cultural/religioso a ser respeitado (principalmente se você viajar a países com praticas religiosas mais restritas) e andar sempre com um mapa ou algo similar para poder se virar em qualquer circunstancia.

5) Desconecte-se, relaxe e curta!

O termo “lua-de-mel” tem origem na Babilônia, dois mil anos antes de Cristo e significa o momento em que noivos comemoram só entre eles a união matrimonial. Curtir seu companheiro nesse momento é essencial e perpetuar o clima de festa do dia do casamento por mais alguns dias (ou semanas) é a melhor forma de começar com pé-direito essa nova fase da sua vida.

Fonte: Colher de chá noivas.