Casamento é uma das prioridades da geração Z

Casar, ter filhos e buscar uma casa própria ainda são escolhas importantes para os jovens, conforme revela o mais recente Estudo Global da Nielsen sobre Geração Global e Estilo de Vida. Segundo a pesquisa, realizada com 30 mil pessoas de 60 países diferentes, casar está nos planos de 19% da chamada geração Z, que tem entre 15 e 20 anos, e de 17% da geração Y, que tem entre 21 e 34 anos. Sendo assim, 36% dos jovens consideram o casamento um objetivo importante, estando entre seus principais sonhos e metas.

Mas querer nem sempre é de fato casar. No Brasil, por exemplo, os casamentos se concretizam cada vez mais tarde. Nas décadas de 80 e 90, os homens se casavam com 27 anos, em média, e elas com 24. O levantamento mais recente mostra noivos com 33 e noivas com 30 anos. Casar mais tarde pode ser um sinônimo da geração de igualdade no trabalho, onde homens e mulheres buscam formar carreiras profissionais de sucesso ou no mínimo estáveis antes de firmar o compromisso.

Apesar das taxas de casamentos e nascimentos estarem em decadência em muitos países pelo mundo, comprar uma casa, se casar e ter filhos permanecem como metas para muitos jovens. Aproximadamente um quinto dos entrevistados da Geração Z e Y considera comprar uma casa (21% e 22%, respectivamente) e aproximadamente 10% (11% e 13%, respectivamente) considera ter filhos como um dos três principais desejos para o futuro.

Fonte: Wedding Guide