5 itens de casamento que não valem o gasto extra

1. Exagerar no número de convidados

O número de convidados é sempre um grande tabu na hora de organizar um casamento, pois sempre gostaríamos de convidar mais pessoas do que podemos. O que acontece é que cada convidado custa um valor fixo e se aumentarmos o número deles, automaticamente estaremos aumentando o orçamento. Nossa dica é selecionar ao máximo as pessoas que são importantes para vocês e com quem gostariam de compartilhar esse momento, acima dos convites que fazemos por educação.

2. Convites extremamente elaborados

Sim, todas sonhamos em fazer os convites mais lindos e exclusivos do mundo, mas isso sempre resulta em superação do orçamento, pois são itens que demandam muito trabalho (e consequentemente muito dinheiro). Porém, seguramente são menos importantes que outras coisas do evento, como comida e bebida. Mas isso não significa que você deve abrir mão de poder enviar um lindo convite a seus convidados. Criatividade e pesquisa por opções mais baratas de fontes e papel por exemplo, são boas maneiras de manter um padrão de qualidade e beleza para os convites do seu casamento.

3. Cartão RSVP

Um item necessário, porém de menor importância que os demais. Hoje em dia há inúmeras opções econômicas que fazem o papel desse cartão, como as soluções online que usam e-mails para agradecer a presença de todos, é super barata e eficiente!

4. Lembrancinhas extravagantes

Para as que fazem questão de que seus convidados saiam da festa com uma pequena recordação desse momento tão especial, alertamos que esta não precisa ser a mais elaborada e elegante do mundo, mas sim significativa. Ao invés de criar chinelos ou perfumes gravados com as iniciais dos noivos, que tal presentear os convidados com alguma coisa que seja realmente especial à vocês, como um mini pote de sua geléia artesanal preferida, ou um saquinho de chá que vocês sempre tomam juntos… Além de original e criativa, essas recordações farão mais sentido e serão muito mais úteis aos convidados tão queridos.

5. Sobremesa ou mesa de doces?

Algo que sempre vemos como um grande desperdício em casamento é a quantidade exagerada de doces. A sobremesa, que faz parte do menu de refeição, a mesa de doces, o bolo de casamento, a mesa de bem casados. Nossa sugestão é escolher no máximo dois desses itens (entre outros) que seguramente serão suficientes para os convidados se contentarem com essa dose de açúcar, e com certeza aliviarão seus bolsos, pois são itens caros em sua maioria.

Fonte: Casamentos

6 Maneiras modernas e originais para sua entrada ao altar

Tradições à parte, a entrada da noiva para o altar é aquele momento que mais reflete sua personalidade durante a cerimônia. Por isso aqui damos algumas dicas às noivas que preferem seguir um estilo mais autêntico e talvez inédito para esse ritual, escolhendo exatamente a imagem que quer passar aos convidados.

Sozinha
Super recomendado às mulheres independente que se importam mais com suas próprias vontades do que com as tradições. Uma entrada sozinha garante que a noiva seja o centro das atenções e passa ideia da mulher de forte personalidade do século XXI.

Entrar com o pai e a mãe
Para as noivas que não querem que sua mãe fique de fora desse momento tão especial, como segue a tradição. Sugerimos convidá-la a se juntar ao pai e filha e caminhar em trio até o altar, fazendo todos se emocionarem com a família unida que são.

Com seu mascote
Como já dizia um velho ditado “o cão é o melhor amigo do homem” (e nos atrevemos a dizer que todos os outros pets também o são), nada melhor que eleger esse fiel escudeiro para te acompanhar em um dos momentos mais emocionantes de sua vida. Melhor ainda se o mascote for do casal. Além disso, a cena fica ainda mais fofa e com certeza autêntica.

Juntos, desde sempre e para sempre
Mais uma demonstração de amor e companheirismo durante o grande dia, subir juntos ao altar garante menos pressão e mais segurança para a noiva que não quer ser o centro das atenções sozinha quando o evento é feito para o casal.

Cada um no seu lado
Para fugir completamente dos padrões, uma boa ideia que tem aparecido bastante é a entrada pelas laterais do altar. Nessa solução os dois têm seu momento único, já que entram cada um por um lado do altar, geralmente no mesmo momento.

Fonte: Casamentos

9 perguntas que deve fazer antes de calcular o jantar de casamento

1. Quantos convidados iremos ter?

É importante calcular o número de pessoas que pretendem convidar para fazer um primeiro cálculo de quanto irão gastar na recepção. Ainda que o número possa variar e no final sejam menos convidados do que vocês pensavam, essa primeira estimativa é essencial para ter uma noção dos custos.

2. Que menu queremos oferecer? Qual é o mais caro e o mais barato?

É importante definir que menu irão oferecer no dia do casamento. Antes de decidirem, vejam dentro das opções que eles oferecem, quais sãos os menus mais caros e o que oferecem e os mais baratos e o que oferecem. Pensem se vale a pena optar por um ou por outro e quanto isso custará. É fundamental saberem isso antes de tomarem qualquer decisão.

3. Que menu é o mais indicado para o meu estilo de casamento? Que custos representa?

Dependendo do estilo ou do tema de casamento, podem existir custos extra relativos a um prato diferente. Veja entre as opções que existem se algum menu encaixa no seu tema de casamento. Caso você queira algo especial, saiba exatamente qual o seu custo, para não ter surpresas no final.

4. Quantas sobremesas diferentes poderão servir?

Além da quantidade de sobremesas, importa saber se esse serviço tem um custo adicional ou está incluído no espaço contratado. São duas coisas muito diferentes, que podem representar um custo distinto no orçamento.

5. Inclui bolo de casamento?

Alguns espaços e serviços de buffet incluem o bolo de casamento, outros não e isso também difere muito no valor. Não deixe de perguntar se o bolo está ou não incluído e, caso não esteja, qual é o custo adicional no serviço.

6. O preço inclui os sucos, água e gelo, café e chá?

As bebidas é uma parte muito importante da recepção. É muito importante saber se os sucos, água, gelo, café e chás estão incluídos ou não no preço do menu, já que isso pode representar um arrombo em todo o orçamento.

7. Cobram o brinde dos noivos ou já está incluído no preço?

Parece óbvio que esse serviço esteja incluído, mas nunca dê nada por assumido. Melhor perguntar antes para não ter surpresas no final, assim, anote também essa pergunta para fazer no momento em que estiver visitando o possível local do seu casamento.

8. Há open bar incluído ou tem um custo adicional?

Essa também é uma questão fundamental. Com certeza de que seus convidados irão querer beber e se divertir sem ficar contando a bebida e vocês também não irão querer controlar esse custo durante a festa. Se o open bar não estiver incluído no serviço, tentem negociar um preço fixo que não represente uma carga muito grande no orçamento.

9. Quantos garçons serão necessários?

Quantos mais empregados forem necessários, mais custos adicionais terá. Por isso é fundamental fazer uma estimativa do número de convidados que seja o mais aproximado possível com a realidade, para que o orçamento calculado não seja muito diferente quando tudo estiver definido. O melhor é solicitar a confirmação da presença com a maior brevidade possível, para poder programar tudo com bastante antecedência.

Fonte: Casamentos

Convites para colorir

Se sua festa, independente da ocasião, contar com toques de irreverência e diversão, essa dica é pra você: convites para colorir. Perfeitos pra quem deseja sair do comum e já surpreender logo de cara!

Existem empresas que trabalham com o produto e, se você não dominar programas de edição de imagens, pode contratar um profissional para que o resultado fique perfeito. – Lembrando que o convidado, ao colorir, irá analisar os mínimos detalhes.

Algumas versões do convite para colorir, já incluem o livro e uma caixinha de lápis de cor. Já outros são quase um presente. Eles vêm em uma bela caixa com laço de fita, lápis e instruções – neste segundo caso, como é de se imaginar, o custo é maior, mas se você amou a ideia e não pode ficar sem, no caso de casamento, uma dica é entregar esse convite especial para os padrinhos. Em outras comemorações, é permitida a entrega apenas para os parentes mais próximos, também como uma forma de homenagem.

Fonte: Eu Faço a Festa

Retrospectiva de fotos em eventos

Muito comum em eventos comemorativos, a retrospectiva de fotos em eventos é, sem dúvida, um momento muito especial e marcante, além de ser uma homenagem muito bonita para os anfitriões e convidados!

É uma maneira muito bacana de passar um pequeno vídeo que recorde momentos e etapas especiais e compartilhá-los com pessoas queridas! Para montar esse tipo de retrospectiva é preciso pegar fotos que fizeram a diferença e claro, tudo feito com muito humor, alegria, emoção e respeito!

As fotos da infância são sempre dignas de sorrisinhos e encantos, por isso não podem ficar de fora. Lembre-se de pedir aos amigos mais próximos e queridos boas fotos, algumas podem surpreender a pessoa e causar ainda mais emoção! É importante reservar um espaço próprio para passar esse vídeo. Separe um local na festa, mais amplo, que possibilite a presença de todos sem que uns atrapalhem a visão de outros!

A retrospectiva de fotos geralmente antecede o ápice da festa! Em formaturas, o vídeo é passado antes da valsa, assim como nas festas de 15 anos e casamentos. Já em aniversários, o vídeo costuma ser exibido antes dos parabéns e no caso de bodas, antes do casal cortar o bolo!

O ideal é não passar a retrospectiva muito cedo, para garantir que todos os convidados estejam presentes e nem muito tarde, pois muitos podem acabar perdendo esse momento tão bonito!
Uma coisa é certa: todos vão ficar paralisados e encantados de alguma forma e emocionados nem que seja com uma única foto ou com o simples gesto da organização dessa homenagem!

Fonte: Eu Faço a Festa

10 perguntas que deve fazer antes de contratar o fotógrafo para seu evento

Achar o fotógrafo certo é essencial para que o registro do seu evento seja completo e perfeito. Portanto, conhecimento prévio sobre o trabalho do profissional é fundamental para não errar na escolha. Anote algumas perguntas, imprescindíveis, que deverá fazer ao profissional antes de contratar o serviço.

1. Qual o seu estilo de fotos?

Pergunta essencial para saber se é o fotógrafo certo para registrar o momento. Qual a característica do trabalho dele, se é especializado em fotos jornalísticas, fotos de moda ou tradicional. O ideal é que ele trabalhe mais com fotos jornalísticas para ter espontaneidade nas fotos ou fotos mais naturais.

2. Posso ver seu portfólio?

Conhecer as fotos que ele já fez é fundamental para você ter certeza se gosta do estilo dele. É importante também que você explique detalhadamente o que prefere e as suas expectativas para as fotos.

3. Quantas fotografias irei receber?

Saber o número de fotos que serão entregues também é um detalhe que você deverá se certificar. Dependendo do tamanho do seu evento ou do número de convidados, este número poderá ser maior.

4. Quantas fotos recebem tratamento e como serão entregues?

Em um evento todas as fotos teriam que ser tratadas, mas nem todos profissionais trabalham desta forma. Como irá recebê-las, se é em CD, pen drive, reveladas, etc… Quanto ao formato e finalização do álbum. É importante deixar esclarecido como irá receber todo o material e principalmente, que todos estes detalhes estejam descritos no contrato.

5. Quanto tempo demora para a finalização e entrega das fotos?

Importante você saber e ter uma previsão, antecipadamente, qual o prazo dele para a entrega, normalmente são 60 dias. Este item também deverá constar no contrato.

6. E quanto ao custo, como funciona?

É necessário saber se já deverá dar algum sinal de adiantamento, para garantir o trabalho e saber quais as formas de pagamento que ele costuma aceitar.

Para que você tenha uma boa lembrança é necessário ir atrás do fotógrafo certo para o seu evento, perca o tempo que for na procura do profissional perfeito para você.

Por que celebramos a despedida de solteiro?

Em honra ao Deus Baco
A primeira teoria situa sua origem nas antigas festas gregas chamadas de bacanais, que eram celebradas em honra ao Deus do vinho. Protagonizada por homens que festejavam o término da elaboração do vinho com uma procissão até o Templo de Baco. Em que representava o mistério do casamento do Deus com a jovem Koré.

Equinócio da Primavera
A segunda teoria é a festa da fertilidade mesopotâmica durante o equinócio da primavera. Durante 12 dias sucediam festejos masculinos que resultava com o matrimônio sagrado entre o rei e uma sacerdotisa. Também em Esparta se celebrava algo parecido a despedidas de solteiro, em que o noivo dizia adeus a sua vida de solteiro e jurava fidelidade a seus amigos, que nunca se separariam.

E hoje em dia?
As despedidas de solteiro foram evoluindo com o passar do tempo. Na atualidade é uma festa para comemorar com os amigos e celebrar uma nova etapa na vida. Há cinquenta anos, as despedidas centravam-se apenas em sair com os amigos assistir um “show” e beber cerveja. Na última década houve mudanças, porque a despedida não se concebe unicamente como uma última noite de farra, mas sim com o intuito de aproveitar o dia. Trata-se de reunir-se com os amigos e desfrutar juntos o fim da vida de solteiro. A mulher também alcançou seu espaço e começaram a aparecer as despedidas de solteira.

Eles com eles e elas com elas
Ainda hoje, a maioria das despedidas continua sendo feitas por sexos separados. Ainda que algumas vezes encontramos as mistas, geralmente feitas por casais mais jovens. Também encontramos festas organizadas por empresas. Muitas com muita dança, shows mais apimentados e a mistura de outras atividades e até esportes divertidos, como o paintball. Uma tendência crescente são as viagens curtas como despedida. O noivo ou a noiva, acompanhados de seus melhores amigos, juntam-se para divertirem-se e celebrarem o próximo casamento de uma forma especial.

Fonte: Casamentos

O que é preciso saber para escolher a camisa de noivo perfeita?

O noivo precisa ter cuidado com suas escolhas, afinal ele também é o grande protagonista do evento. É o caso da camisa, que embora escondida embaixo do terno, merece uma atenção especial. Por mais que a camisa do noivo geralmente seja branca e básica, há alguns detalhes que fazem toda a diferença. Ela deverá estar adaptada ao estilo do traje escolhido para um contexto harmônico. Confira algumas dicas:

Regular Fit
Possivelmente você conhece como corte reto, talvez a que traz maior conforto, por ter a cava padrão e a largura do peito também é reto. O tecido cai direto da axila até o fim da camisa permitindo movimentar-se com mais facilidade. Pode parecer mais casual, mas na verdade tem um caimento muito elegante. Se a largura do ombro ficou adequada ao seu corpo, o restante da camisa se adapta perfeitamente.

Tailored Fit
Muito semelhante a regular fit, porém delicadamente ajustada. Semelhante a uma camisa feita sob medida, já que ela estará adaptada ao contorno do corpo, mas sem apertá-lo. Ela terá um caimento mais justo. A cava e a manga mantém o mesmo padrão da regular fit permitindo movimentos confortáveis. Ideal para homens com ombros e peito largos.

Custom Fit
Neste modelo o corte é muito mais justo que nos anteriores. Mangas, cava, peito e ombros ajustados para demarcar a silhueta masculina. O comprimento continua semelhante às outras, permite enfatizar mais os ombros do que a cintura, obtendo um aspecto elegante. O melhor é que, embora mais justas, as mangas e o comprimento não ficarão curtos mesmo em homens com estatura bem alta. Assim, ela é perfeita para homens altos e magros.

Superslim Fit
Na alfaiataria o superslim indica um corte mais ajustado ao corpo, mas não apertado, seria um traje ou corte “mais sequinho”. Proporciona uma silhueta elegante e esguia, já que os ombros serão bem marcados e a cintura mais afinada. Mesmo sendo mais justa, a flexibilidade continua trazendo conforto a todo tipo de movimento.

Fonte: Casamentos

Como organizar um casamento em 6 meses

Você sempre sonhou com seu dia de casamento e na quantidade de anos que iria necessitar para organizar tudo o que você já pensou, mas de repente, chega o pedido e vocês descobrem que o desejo é casar em meio ano! Sim, isso é bastante comum e o melhor de tudo, muito concretizável. Confira dicas de como preparar um casamento em pouco tempo:

Definir a data e o local
O primeiro a fazer é definir uma data e um local onde querem realizar a cerimônia e a festa. Escolham apenas dois ou três espaços e contratem assim que tiverem certeza que é nesse local que desejam casar, já que o tempo é apertado e é necessário tomar decisões o quanto antes.

Wedding planner
Talvez seja uma excelente decisão contratar uma wedding planner para ajudar você com toda a organização do grande dia. Ela se ocupará de contatar e negociar com fornecedores, dará importantes dicas a vocês e fará com que tudo saia perfeito no grande dia.

Convites eletrônicos
Optem por fazer e enviar os convites por e-mail e risquem da lista a tarefa de encomendar e distribuí-los pessoalmente. Hoje em dia, e com todo o mundo conectado a internet e redes sociais, é muito fácil, rápido e econômico enviar seus convites online.

Animação e fotógrafo
Depois de contratarem o local da recepção, o fotógrafo e a animação são os dois fornecedores mais importantes, e mais requisitados também.

Vestido de noiva
Lembre que o vestido sempre provoca indecisões e que, depois de escolhido, necessita de vários ajustes e provas, assim que o melhor é escolher seu vestido o quanto antes para prevenir algum imprevisto de última hora.

Decoração e lembranças
Opte por escolher um tema fácil de reproduzir na decoração do casamento ou então, opte apenas por uma cor ou uma paleta de cores. Quanto às lembranças, o melhor é pensar em algo simples e fácil, como pode ser um vasinho com flores, super tendência do momento, ou alguma garrafinha de licor, por exemplo.

Fonte: Casamentos

O formato do seu buquê perfeito para o vestido de noiva

Depois do vestido e antes dos sapatos, talvez a escolha do buquê esteja no top 5 das grandes indecisões de uma noiva. Muitas têm dúvidas em relação ao seu formato, que cor escolher, quais serão as flores mais indicadas, se escolher um buquê de flores naturais, artificiais ou mesmo um buquê de joias. Sim, as dúvidas em relação ao ramo podem ser infinitas, assim que nada como saber que estilo de buquê encaixa melhor com seu vestido. Confira algumas dicas!

Arredondado – O buquê arredondado é indicado para todo o tipo de vestidos, sobretudo para os de corte em A e princesa por não criar ainda mais volume ao look.

arredondado

 

Assimétrico – O buquê assimétrico é um dos mais equilibrados e combina com todo o tipo de corte de vestido.

assimetricxo

 

Braçada – Encaixa perfeitamente em silhuetas equilibradas, mais cheinhas e altas ou altas e magras. Para vestidos de corte em A, império, princesa ou reto de saia caída, esse tipo de buquê é ideal.

bracada

 

Cascata – Esse tipo de ramo é indicado para vestidos de corte sereia, reto ou império. Vestidos de corte em A ou princesa, pelo seu volume, devem evitar esse tipo de buquê.

cascata

Fonte: Casamentos

Página 5 de 8« Primeira...34567...Última »