Um segundo par de sapatos

Está insegura em usar o sapato dos seus sonhos, por que ele pode te incomodar? Escolha um segundo par, é a melhor opção para o dia do seu casamento.

O sapato é um item muito importante no look da noiva e muitas não se sentem confortáveis de usar salto o evento inteiro, portanto, o ideal é escolher um segundo par, que combine com o vestido e deixe a noiva à vontade. Veja dicas de tipos sapatos que podem ser usados como segunda opção no grande dia:

Anabela
Para deixar os pés confortáveis e não descer do salto, a Anabela é a melhor solução, super confortável para caminhar e dançar e ainda te permite manter a altura que estava com o outro sapato.

Rasteirinha
Se o seu sapato oficial tiver um salto muito alto e você optar por uma rasteirinha, deve levar em consideração que o vestido pode ficar arrastando no chão e te castigar para caminhar, assim este modelo só é adequado estando em conformidade com a altura do vestido.

Scarpin
Se o estilo da cerimônia for tradicional, que não permite um sapato informal, você poderá escolher um scarpin, já que existem versões com saltos de diferentes alturas, mantém o estilo clássico sem martirizar seus pés.

Sapatênis
Para noivas muito informais, que só usam salto por obrigação, é uma versão apropriada, bem original. Permite a noiva movimentar-se com naturalidade ou como está acostumada.

Fonte: Casamentos

5 tipos de comidas que não devem ser servidas no seu casamento

Agradar e satisfazer todos seus convidados são sempre o que se busca na hora da escolha do cardápio. Sabendo disso, mostramos a você 5 comidas para evitar na hora de definir o cardápio.

Comida temática
Se escolher um cardápio exótico ou diferente como comida japonesa, mexicana ou peruana, por exemplo, considere que nem todos gostam. Por serem fortes, picantes ou crus, muitos podem não ser adeptos ou podem não estar acostumados.

Feijoada
Um marco na culinária brasileira, a feijoada é muito adorada, mas nem sempre ela ‘cai bem’. Em casamentos noturnos não é conveniente, por ser uma opção muito pesada para o jantar. Para almoços, pode ser uma alternativa, desde que seja servida com as carnes separadas e com saladas ou legumes para acompanhar.

Churrasco
Outro queridinho da gastronomia, mas em casamentos existem algumas restrições. O mais difícil com o churrasco é que se for para um número grande de pessoas, a preparação e o custo podem ser um problema. Para casamentos mais íntimos e no campo pode ser uma alternativa, lembrando que entre os convidados podem ter vegetarianos. Providencie outra possibilidade para estes convidados.

Petiscos desastrosos
Se você optou por uma recepção informal, servindo apenas petiscos aos seus convidados, sem lugares marcados, pense que estes petiscos devem ser práticos. Porções muitos grandes, que esfarelam, desmontam ou difíceis de comer em uma única mordida pode ser um incômodo para os convidados.

Gordurosos
Oferecer um cardápio com muita gordura ou fritura não é a melhor opção. Se quiser que seus convidados divirtam-se e não tenham uma indigestão, escolha uma refeição mais leve.

Por que se chama lua de mel?

A maioria dos casais desfruta de uma viagem muito romântica após seu casamento, mas não sabem a procedência deste costume antigo. Conheça um pouco da origem sobre a Lua de Mel.

O nome ‘lua de mel’ vem dos antigos costumes nórdicos do século XVI, em que os recém-casados eram incitados a beber hidromel (bebida alcoólica derivada da fermentação do mel diluído em água) durante a primeira lua cheia ou a mais próxima do casamento.

O casal bebia para receber a bênção dos deuses que proporcionavam fertilidade para conceber filhos. O hidromel também foi o único alimento de Odin, o pai de todos os deuses nórdicos e foi considerada uma bebida que lhe deu poderes sobrenaturais. Por isso, era uma poção mágica que ele também oferecia aos druidas e para as tribos celtas antes de enfrentar os romanos na antiga Gália.

Durante a Idade Média na Alemanha, seguindo a influência da mitologia alemã, os casamentos costumavam ser realizados somente em noites de lua cheia e os casais bebiam hidromel durante os trinta dias após a cerimônia para trazer felicidade e gerar filhos.

Costume Inglês
O início da lua de mel na era moderna nos remete a burguesia do século XIX na Inglaterra. Naquela ocasião, o casal aproveitava para viajar após o casamento, para se conhecerem melhor e se apresentarem aos parentes distantes que não tinham assistido a cerimônia. É preciso levar em conta que os casais não ficavam sozinhos até que o casamento fosse celebrado. Daí a importância de desfrutar a intimidade sem estarem vigiados.

Tradição católica
O Vaticano também aceitou esse costume porque o mel era tradicionalmente o símbolo da união, por ser um alimento ‘incorruptível’, já que se torna mais doce com o passar do tempo. Uma metáfora perfeita para o ideal de matrimonio cristão. O mel também representa doçura e amor eterno para os católicos.

Fonte: Casamentos

Bolo cenográfico ou real?

O alto custo dos bolos tradicionais comestíveis personalizados e a dificuldade de encontrar quem decorasse os bolos com perfeição, fizeram surgir uma nova oportunidade de negócios: O Aluguel de bolos fake ou bolo cenográfico. Para falar a verdade você vai precisar dos dois tipos de bolo na sua festa. O bolo cenográfico fica na mesa apenas para decoração e fotos, enquanto o bolo comestível vem direto da cozinha já cortado em porções individuais para servir seus convidados e por isso não precisa de muitos detalhes. Só não se esqueça de caprichar no sabor.

Fonte: Debuteen nos seus 15 anos

Qual vestido de noiva combina com você?

O momento da escolha do vestido de noiva é sempre esperado com um misto de alegria e preocupação. Tendências de moda, casamentos mais recentes na mídia, escolhas que as amigas fizeram nos seus casamentos, opiniões de pessoas mais próximas… Tudo isso pode afetar sua decisão, mas nada é tão determinante quanto à imagem que você construiu para si, como noiva, ao longo dos anos.

Se você ainda está com muitas dúvidas, confira algumas opções de vestidos relacionados ao corpo feminino e procure a melhor opção para você. Confira:

ESTILO SEREIA
As saias do estilo sereia favorecem mulheres altas ou medianas. São vestidos perfeitos para mulheres com pernas longas e largas! Os modelos sereia casam muito bem com a sensualidade da mulher brasileira.

wedding-dresses-1485984_960_720

ESTILO SEMI-SEREIA
São vestidos de noiva sensuais que não tolhem os movimentos porque se abrem a partir das coxas. Para noivas clássicas, elegantes, atemporais. Se a noiva quiser compor um visual mais sóbrio, pode recorrer ao corte semi-sereia, em que a saia fica aderente até os quadris, abrindo levemente a partir daí. Os modelos de vestidos de noiva semi-sereias vestem bem mulheres de qualquer idade e com curvas. Cauda pequena, removível ou não, vai muito bem para essas noivas.

ESTILO FLUÍDO

São para aquelas noivas que mencionam como principal característica do vestido que pretendem a leveza. Os modelos de vestidos de noiva fluídos têm saias rodadas, sem volume, de corte império ou saindo da cintura. São ideais para noivas despojadas, para casamentos em capelas ou bufês durante todo o dia. Com plissados super femininos, decotes assimétricos, drapeados, laços e flores de tecido, eles ficam perfeitos para noivas românticas.

ESTILOS RODADOS
Com cintura bem marcada, estes modelos ficam perfeitos para noivas bem jovens e românticas. Já os vestidos de noiva com saias rodadas, com volume a partir do quadril, vestem bem quase todas as mulheres, magrinhas ou cheinhas, compondo um visual chique. A cauda é sempre desejável, seja grande ou um simples varre-chão, dependendo do modelo, horário do casamento e estatura da noiva. Decote tomara-que-caia, decote coração ou ombro-a-ombro acompanham bem esses modelos de vestidos de noiva.

ESTILOS GODÊS
São modelos de vestidos de noiva com saias com corte “atravessado” no tecido, o que lhes dá um caimento extremamente elegante. Eles vestem muito bem a maioria das noivas, alongando e afinando a silhueta. Mas podem também ser bem amplas, em godê duplo. O ar romântico destes vestidos de noiva depende da escolha do tecido.

ESTILOS FUCHÔSwedding-day-1443584
São modelos de vestidos de noiva com saias rodadas, volumosas, com ”repuxos” do tecido, normalmente fino e armado. São elegantíssimos e não deixam nenhuma noiva passar despercebida.
Dão um visual de princesa para noivas modernas. Não “engordam”, porque se tornam volumosas apenas a partir do quadril, disfarçando quem tem centímetros a mais ou dando uma ilusão mais arredondada às noivas mais magrinhas.

ESTILOS CURTO-LONGOS
São modelos de vestidos para noivas clássicas e comportadas e, de repente… Prontas para a balada! É uma opção para noivas modernas, que querem estar elegantes na cerimônia e curtir a festa de casamento. Estes vestidos são feitos para as noivas de atitude e vestem bem todas as noivas que se sentem bem com seu corpo. Tomara que caia, uma alça só ou frente única complementam bem esses modelos de vestidos de noiva.

 

ESTILOS EVASÊS
São modelos de vestidos de noiva com saias amplas ou mais sequinhas e são sem dúvida o corte mais democrático: ficam bem para todas as noivas. Sem costura na cintura, com nesgas partindo do busto, estes modelos alongam e afinam a silhueta. Ótimas para disfarçar quadris largos e bumbuns volumosos, os cortes ajudam a arredondar o corpo de noivas muito magras e os detalhes da barra ajudam a diminuir a altura.

Fonte: Center Noivas

Aluguel VS. Compra: a dúvida cruel

Tanto em casamentos quanto em festas de debutante, a dúvida entre comprar ou alugar o vestido está sempre presente. Para tomar esta difícil decisão, alguns fatores devem ser levados em conta: orçamento, variedade de opções e desejo por exclusividade são alguns dos principais pontos. Quais são as vantagens de cada forma? Confira e escolha o que vale mais a pena para você:

Comprar o vestido

A maior vantagem de comprar o vestido (ou optar pelo primeiro aluguel) é a garantia de que seu look de festa será exclusivo, mas é importante lembrar que isso vai custar mais caro. Então, reserve uma parcela maior do seu orçamento. O mais legal: você poderá guardar para sempre uma lembrança de um momento especial da sua vida. Se quiser, ainda pode fazer algumas modificações no vestido e usar em outra ocasião… por que não?

Alugar o vestido

A maior vantagem é a economia, pois o aluguel normalmente é a melhor opção para o bolso. Outra vantagem é que você libera espaço no seu guarda-roupa. Vestido de festa tende a ser volumoso! Se você for alugar dois ou mais vestidos, prefira sempre fechar tudo em uma única loja. Além de ser mais prático (você busca e devolve tudo no mesmo lugar), é mais fácil conseguir um desconto. E aí, qual será sua escolha?

Fonte: Capricho

Tendências para casamentos em 2016

A partir do gosto e estilo próprio de cada um, algumas das maiores tendências do ano podem servir de inspiração para seu casamento. Desde lugares para celebrar até decorações de mesa, conheça algumas dicas que estão populares neste ano e junte as melhores referências para organizar sua cerimônia:

Casamento na fazenda

O estilo continua em alta! Compreender a natureza em sua cerimônia é uma tendência que já existe há alguns anos, mas continua forte. A tranquilidade e o ar puro dos espaços abertos são um diferencial entre o rústico e o luxuoso, que é contemplado com decoração dourada, candelabros e toques clássicos.

Decoração metalizada

Os tons metálicos, como o cobre,estão entre as cores favoritas para dar brilho à festa de casamento. Dourado e prata são cores que combinam com uma enorme variedade de tons, permanecendo desde as temporadas passadas como um forte aliado nas mesas e salões.

Bolo “não tão” naked

Não que os naked cakes tenham saído de moda, mas os semi-naked, ainda com impressão informal, são a tendência do momento. Um pouco mais coberto, o bolo tem acabamento mais reto, com decoração mais criativa e incrementos no topo.

Dica-21

Estações gastronômicas

Diminuir a formalidade dos pratos de prata é uma boa pedida para deixar seu casamento mais íntimo. Ilhas gastronômicas em diversas estações, com variedade de comida e fartura, evitam filas e garantem maior fluidez no bufê. As opções oferecidas devem combinar com os noivos e o perfil da festa.

Convites com toque pessoal

Chega de padrões impressos! Com ilustrações, caligrafias personalizadas ou pinturas em aquarela, os convites artesanais dão toque pessoal e adicionam personalidade.

Vídeos instantâneos
buque broche
Quem ainda assiste aos longos vídeos de casamento com uma hora de duração, tão comuns há alguns anos atrás? Que tal, para inovar, um vídeo de menos de 1 minuto? Os vídeos instantâneos de casamento têm como principal proposta disponibilizar material de qualidade para as mídias sociais dos noivos, que podem ser filmados e editados no próprio local do casamento. Os micro-vídeos são ótimos para dar a impressão de detalhes da festa em curto tempo.

Buquê de broche

Uma opção criativa para noivas clássicas, o buquê de broche substitui a tradição de forma leve e charmosa. Com a alta quantidade de detalhes, a noiva pode acrescentar joias e combinar cores da melhor forma possível.

Fonte(s): Vestida de Noiva e Colher de Chá Noivas

Os encantos da linguagem das flores!

A tradição do buquê de noiva é remetida originalmente à Grécia, onde era feito com alho e ervas para afastar o mau-olhado. Com o tempo, foi sendo substituído pelas belas e perfumadas flores, compondo mais um detalhe essencial no visual da noiva. Além de vestido, sapato, joias, véu e grinalda, o buquê se tornou símbolo do casamento, guiado esteticamente pelo estilo e personalidade da noiva.

Na época Vitoriana os buquês se tornaram mais sofisticados e criou-se a “linguagem das flores”. Este conceito surgiu de uma visão da sociedade naquele momento: como soava inadequado que uma mulher se declarasse ao seu amado, criaram significados para cada flor, indicando que determinado buquê expressaria determinada mensagem. A linguagem se popularizou pelo mundo e atualmente estas referências ainda são utilizadas! Conheça algumas delas e garanta que seu buquê traduza o sentimento mais forte em seu coração.


Rosa

rosas
A rosa é o mais famoso símbolo do amor, mas seu significado também remete ao tom da flor: quanto mais forte o sentimento, mais escura deve ser a cor da rosa. Enquanto as vermelhas representam o amor, as rosas chá são símbolo de respeito e admiração. Quando entregues de presentes, a quantidade de rosas no buquê também emite significado: uma representa amor, duas representam compromisso, 12 são sinal de gratidão e 50 demonstram amor incondicional!

Tulipa

tulipa
Muito cultuada pelos orientais, a tulipa representa o amor eterno e a paixão em suas mais puras formas!

Cravo

cravo
O significado básico do cravo é casamento, amor! Suas cores enviam mensagens diferentes: os rosas dizem que o parceiro é inesquecível; os vermelhos mostram paixão; os brancos, delicados e leves, falam o quão doce é seu amor.

Orquídea

orquidea
Para os gregos, a orquídea representa virilidade e fertilidade. Para os ingleses, é um símbolo de riqueza, exclusividade e bom gosto. O significado mais curioso fica com o Japão em sua tradição feudal: as orquídeas do samurai, um tipo especial da flor, cresciam em regiões montanhosas e inacessíveis. Os samurais então arriscavam suas vidas para coletar um exemplar, sendo que este acabava exposto por eles quando voltavam para casa, representando bravura e coragem.

Hortênsia

hortensia
Esta delicada flor representa amizade e lealdade, ideal para representar um relacionamento entre grandes amigos!

Lírio

lirios
O lírio representa em sua beleza a pureza da alma e do coração, além de ser forte símbolo da feminilidade. A mensagem relacionada à entrega destes buquês como presente à mulher amada é de que ela é ideal e superior a todas as demais. A única dica para o buquê é tomar cuidado com seu pólen, pois ele pode acabar manchando facilmente o vestido.

Callas/Copo-de-leite

callas
Seu nome é grego e significa beleza. Estas flores representam devoção e felicidade conjugal, sendo muito populares em casamentos. Cada uma de suas cores traz uma mensagem: a branca é pureza; rosa é admiração; a púrpura, paixão; a negra (incomum em cerimônias, mas ideal como presente) é símbolo de elegância e mistério.

Qual mensagem você quer passar em seu casamento? Escolha sua favorita e garanta o buquê certo para seu casamento!

 

Fonte(s): Gorete Colaço, Vestida de Noiva e Casa Vogue.

Como planejar sua festa de noivado?

 

Você acabou de ser pedido em casamento. PARABÉNS! Agora para comemorar ao lado da sua família e amigos, você está planejando fazer uma festa de noivado, nós temos o lugar certo.

Para que serve a festa de noivado?

As pessoas estão felizes por você, vão querer te parabenizar por mais esse passo tão importante. Vamos combinar que uma festa é muito mais divertido do que uma ligação por telefone, né? É também um ótimo momento para apresentar as pessoas importantes da sua vida umas para as outras, afinal de contas, elas estarão todas juntas no dia do casamento e é uma ótima maneira de fazê-las interagir. A festa de noivado é realmente a primeira vez antes do casamento, que você tem a possibilidade de reunir diferentes grupos de amigos e parentes de uma forma muito mais íntima.

Quando fazer?

A festa de noivado deve acontecer logo em seguida do pedido ou da decisão de se casar. Assim você pode planejar sua festinha sossegada, sem se atropelar com as coisas do casamento. Resolvendo logo a festa de noivado, mais ou menos uns 10 meses antes, você terá todo o tempo do mundo para cuidar dos preparativos do casamento. Lembre-se de avisar aos convidados com pelo menos um mês de antecedência.

Quem convidar?

Regra principal: não convide para o seu noivado alguém que pensa em não convidar para o casamento. Não convide MESMO, ok? Vai ser bem feio caso a pessoa descubra depois. Quando os anfitriões do casamento enviam o convite da festa de noivado, o convidado assume que ele foi convidado para o casamento também. Para evitar uma situação complicada depois, começar a trabalhar em sua lista de convidados do casamento agora. Em seguida, faça a sua lista de noivado cortando algumas pessoas da lista de casamento, pessoas que moram longe, pessoas mais distantes, deixe sua lista enxuta apenas com família e amigos mais íntimos.

Bolo e doces

Precisar, não precisa. Mas que todo mundo ama, é verdade! Considere ter uma mesa bonita com seleção de docinhos e um bolo de noivado. Dá uma cara de festa e faz sucesso.

Lembrancinhas

Novamente, precisar, não precisa. Mas considerando que seus convidados são pessoas muito queridas, é gostoso pensar em algo especial de presente. Lembre-se sempre de ser algo útil ou comestível, caso contrário ficará esquecido no fundo de alguma gaveta.

O que vestir?

O traje tem relação com o estilo de festa que você escolheu, horário, local. Deve ser do passeio ao passeio completo, dependendo do grau de formalidade da sua festa. Se for um churrasco, o traje é esporte. Mas é como eu sempre falo, a festa é sua, esteja linda! Não precisa usar vestido branco, afinal não é ainda o casamento, mas também não tem nada de errado em usar branco se ficar bem em você. Sugiro sempre para as meninas um vestido bonito, em tecidos nobres, pode ser na sua cor favorita. E para os homens, calça social e camisa.

Debutante: Quem convidar para a minha festa?

Vamos abordar hoje um assunto que gera muitos conflitos entre familiares e amigos! Quem convidar para minha festa?

Festa em Casa ou no Buffet?

Quando a festa vai acontecer na sua casa, isso não é um GRANDE problema, pois o que você terá que fazer apenas será, calcular o quanto de comida terá que servir a mais.

Agora, quando a festa acontece dentro de um salão (buffet), aí a história muda completamente de figura! Pois neste caso, é pago um valor para cada convidado que for a mais na festa, por isso, acabamos tendo que cortar algumas pessoas da lista.

Quem convidar para minha festa?

Ao preparar a sua lista de convidados leve consideração alguns tópicos, super importantes e que podem fazer muita diferença na hora de economizar!

1- Você pode pagar uma festa para quantas pessoas?

Qual é o seu orçamento limite? Aquele valor que não pode passar, caso contrário, você não terá como pagar? 

Se o seu limite é 100 pessoas, convide no máximo 10% a mais, ou seja , 110 pessoas. A maioria dos buffets estão preparados para receber 10% a mais de convidados. Eles irão preparar uma quantidade de comida, bebida, mesas e cadeiras que dêem para o caso de vir 10% a mais de convidados na sua festa.

2- Não convide pessoas que só falam com você por Facebook

Se estas pessoas falam com você apenas por redes sociais significa que não são tão intimas, por isso, essas devem ser as primeiras a serem cortadas de uma lista de convidados quando o assunto é reduzir custos e economizar na festa.

3- Primos distantes, que você nunca mais viu!

Nem preciso comentar né?Rs A não ser que você tenha dinheiro sobrando, essas pessoas são como as que eu citei no Facebook. E na sua festa você irá querer pessoas que realmente são suas amigas e tenham um vínculo real com você, não é mesmo?

4- Convidar toda a sala para não ficar chato!

Não tenha medo de não convidar as pessoas, se você não pode fazer uma festa para mais do que 100 pessoas não deve se endividar por causa disso! Por isso, convide todo mundo apenas se o dinheiro for suficiente, caso o contrário, corte também estas pessoas da lista, e chame apenas aquelas amigas que estão com você todos os dias na escola!

5- Quanto mais convidados mais cara a festa!

Gente, isso é muito verdade! Pense quanto mais convidados a sua festa tiver mais lembrancinhas você terá que fazer, os kit baladas serão em maio quantidade, kit banheiro terá que ser maior para atender a todos e mais caro o serviço de buffet também vai ficar! Por isso tenham certeza de que se você convidar 300 pessoas, terá que pensar nestas coisas a mais! Que com certeza irão pesar um pouco mais no seu orçamento também, por isso considere tudo isso!

Fonte: Debuteen 

Página 4 de 512345