O que deve e o que não deve fazer na prova do menu do casamento

A prova do menu é importantíssima para garantir o sucesso do seu evento, portanto tenha paciência e dedique-se nesta função. Preste atenção nas alternativas, ouça opiniões de quem entende, prove muitas opções para ter certeza das escolhas e para que o evento tenha êxito. Para conseguir elaborar um menu perfeito, veja o que deve e o que não deve fazer na sua degustação de cardápio.

O que não se deve fazer:

– Deixar o noivo fora da degustação
A presença do noivo é fundamental para a degustação. As alternativas de menu também devem agradar o gosto do noivo, assim é imprescindível ele participar ativamente para você não escolher opções que ele deteste. Ele também saberá opinar em função dos gostos da família dele.

– Permitir que o fornecedor te influencie
Claro que o fornecedor irá te ajudar a dar ideias e te orientar, mas, infelizmente existem algumas pessoas que só buscam se dar bem financeiramente. Portanto, fique atenta se o fornecedor não está te incentivando a montar um cardápio com os itens mais caros.

– Provar apenas uma degustação e decidir
Se você se encantou com a comida do primeiro fornecedor não feche o contrato de imediato. Deixe-o de reserva, mas faça, pelo menos, mais duas ou três degustações. Essencial para ter ideia se aquela é mesmo a melhor opção para o seu casamento.

– Não perguntar sobre trocas
Perguntar sobre possíveis trocas de pratos ou algum outro item é fundamental para não ter um custo extra. Muitas vezes, depois de ter fechado o contrato, se você quiser alterar uma entrada ou um petisco, por exemplo, pode ter que pagar já que alguns locais cobram uma taxa.

O que se deve fazer:

– Provar todos os pratos
Deguste muitos pratos para ter certeza das opções que o buffet oferece. Às vezes um prato bárbaro pode ficar de fora.

– Degustar com os pratos da estação
Só prove os pratos que combinam com a estação do seu casamento. Não adianta provar uma variedade de sopas se for se casar no verão.

– Um menu de acordo com o seu estilo
Pense em um cardápio que tenha haver com o estilo do casamento. É fundamental para ter sucesso.

– Fotografar os pratos escolhidos
Para você ter certeza que o buffet vai servir os mesmos pratos que demonstrou na degustação fotografe e anote detalhes dos pratos.

– Provar pratos na ordem
Prove a sequência de pratos como será servido no dia. Não experimente o prato quente antes da entrada, por exemplo, poderá atrapalhar a ordem e confundir os sabores.

– Conhecer as louças do buffet
Toda louça, talheres e os acessórios têm de estar à altura do evento que está querendo, assim atenção a esses detalhes. Verifique antes de fechar o contrato as louças e os acessórios disponíveis.

– Saiba a duração dos serviços de cada etapa
Saiba quanto tempo haverá para o coquetel, quanto tempo dura o jantar, o tempo da sobremesa, tudo isso deverá ser conversado antes. Normalmente a média são 90 minutos de coquetel, 90 minutos jantar em seguida a sobremesa deve ser servida antes ou junto com os doces e o bolo.

Fonte: Casamentos